Golpes em turistas

 

golpes-praticados-contra-turistas-120x120

O post de hoje é só um alerta para que vocês fiquem mais ligados em alguns casos que ocorrem em qualquer grande cidade do mundo,

Casos que sempre pegam os turistas mais relaxados com a viagem ou menos atento a algumas situações;

Espero poder ajudar e de resto vamos aproveitar…

Alguns casos citados eu presenciei ou tentaram usar comigo e outros pesquisei na internet, antes das minhas viagens.

  • BATEDOR DE CARTEIRAS: Esse é clássico e existem em qualquer lugar do mundo. Você deu mole, eles passam a mão na sua carteira ou celular, que estiver em bolsos, principalmente nos bolsos de trás, ou bolsas abertas , mochilas para trás e tal. Locais preferidos: grandes pontos turísticos, ruas muito movimentadas e metrô. Portanto sempre leve tudo na frente (mochila, bolsos da frente, e mulheres bolsa na transversal, aquela tipo carteiro é uma boa opção);
  • O ANEL: Esse tentaram aplicar em mim duas vezes em Paris. Um ao lado do Arcos do Triunfo e outro em Madeleine. Alguém se abaixa, “pega um anel do chão” e pergunta se o objeto é seu. Eu dei um empurrão na mulher que me imprensou na árvore e no outro meu marido já chegou no cara falando um monte de palavrões (kkkkk). A idéia deles é enquanto a pessoa distrai a vítima, os comparsas aproveitam para roubar a carteira ou objetos das bolas;ou então a vítima responde que o anel não é seu e se inicia uma insuportável conversa para que ela fique com a peça, em troca de alguns euros;
  • TÁXISComigo aconteceu duas vezes em Buenos Aires.  Corridas com percursos mais longos, acelerador do taximetro ou notas falsas na hora do troco e/ou trocarem suas notas verdadeiras por falsas. Nesse caso eles trocam sua nota sem você perceber, e depois te devolvem outra nota falando que a nota que você deu é falsa. Normalmente esse golpe é a noite quando está escuro .Dica: tire fotos do número de série da sua nota e leve sempre com você no celular. Porque se caso aconteça , você já prova ali na hora que aquela nota não é sua, e carregue sempre com você também a famosa canetinha para usar na nota .
  • ROSA : Rapazes ou moças – geralmente muito bem vestidos entregam uma rosa para a mulher, principalmente se estiver acompanhada. Se ela aceitar, imaginando ser um gesto de gentileza, eles cobram uma quantia imensa pela flor e não aceitam devolução, constrangendo a gente;
  • TURISTAS PERDIDOS: Dois ou três pessoas se passando por turistas chegam para pedir informações, mostrando que estão perdidos. Isso acontece muito aqui no Brasil. Para também te distrair e passar a mão nas suas coisas.
  • FITA: Essa também tentaram comigo na Itália, próximo a Praça São pedro no Vaticano. Uma pessoa, muito educada e gentil, oferece a você uma fita de lembrança do país ou da atração em que você está , no meu caso uma fitinha da igreja para amarrar em seu braço. Após, é cobrado uma quantia surreal pela tal fita. 
  • FOTO : Se você está sozinho, ou quer tirar uma foto com alguém, cuidado ao pedir para um estranho tirar a foto. Eles podem fugir com a sua câmera ou como seu celular. Peça a um brasileiro se existir algum por perto ou use o famoso pau de selfie;
  • MAPA: Fique sempre ligado, na hora que tiver que consultar o mapa, ele entrega na hora sua posição de turista, e também tira sua atenção, com seus pertences;

Bom isso não é para causar panico em ninguém, é só um alerta, para que a gente fique mais esperto e mais ligado. Abaixo deixo algumas dicas:

  • Uma Bolsa a tiracolo ou estilo carteiro: como falei acima.
  •  Locais para guardar dinheiro ou documentos: as famosas porta dólar 
  • Mochilas e Carteiras: sempre a frente e colocadas ao seu corpo.
  • Anote os números de todos os cartões, números de emergências e telefones de bancos para cancelamento. Faça um arquivo digital de todos os documentos (passaporte, principalmente) e dos cartões e guarde em seu email pessoal.
  • Cuide de suas bolsas e malas e não as deixe fora de seu alcance nem por um segundo. Lembre-se que os assaltantes são rápidos e – quando você perceber que está faltando algo – será tarde demais.
  • Cuidado com quem oferece ou pede ajuda: não mostre sua carteira, cuide dos seus pertences e não fale sobre seu local de hospedagem ou informações pessoais.

 Enfim tomados os devidos cuidados , agora é só aproveitar bem a viagem.

E nós vamos viajar pra onde agora?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *